Tantra é uma palavra de origem sânscrita e significa “expandir” e traz a ideia da libertação dos nossos limites, ou seja, convida-nos a um viver mais pleno.

O Tantra considera o nosso corpo como uma ponte para níveis mais expandidos de consciência. Como uma ciência não dual o Tantra nos remete ao conceito de ir além do bem e do mal, com isso, um potencial maior de auto aceitação é atingido e com ela uma maior plenitude em nosso viver criando uma qualidade de vida emocional, mental e sexual antes não vivida.

Por ser a massagem uma demonstração natural de afetividade e um reconhecimento de nosso corpo e de nossa vida, ela encontra no Tantra uma maneira de se expressar, se conhecer e, sobretudo um meio de integrar mente, corpo e espírito de uma maneira harmônica.